OséiasSelecionar outro livro


Capítulo 6 de 14

1“Vinde, voltemos ao Senhor, ele feriu-nos, ele nos curará; ele causou a ferida, ele a pensará.

2Ele nos dará de novo a vida em dois dias; ao terceiro dia ele nos levantará e viveremos em sua presença.

3Apliquemo-nos a conhecer o Senhor; sua vinda é certa como a da aurora; ele virá a nós como a chuva, como a chuva da primavera que irriga a terra.”*

4Que te farei, Efraim? Que te farei, Judá? Vosso amor é como a nuvem da manhã, como o orvalho que logo se dissipa.

5Por isso, é que os castiguei pelos profetas, e os matei pelas palavras de minha boca, e meu juízo resplandece como o relâmpago,*

6porque eu quero o amor mais que os sacrifícios, e o conhecimento de Deus mais que os holocaustos.*

7Mas eles violaram vergonhosamente a aliança e traíram-me.*

8Galaad é uma cidade de malfeitores, cheia de traços de sangue;

9os bandidos são a força dela, uma quadrilha de sacerdotes; assassinam no caminho de Siquém, porque seu proceder é criminoso.*

10Vi horrores na casa de Israel: ali cresce a prostituição de Efraim, ali se mancha Israel.*

11Apesar de tudo, Judá há de ter boa colheita, quando eu restaurar o meu povo, quando eu curar Israel.*